anabela pedroso

Secretária de Estado da Justiça do XXI Governo Constitucional

Integrou a Administração Pública em 1977.

Trabalhou no Ministério das Finanças e, entre outros cargos, foi Adjunta do Secretário de Estado da Administração Pública (2009-2010);
Presidente da Agência para a Modernização Administrativa (2007-2009);
Coordenadora na Equipa de Missão e depois Vogal do Conselho Diretivo da UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento (2003-2006);
Secretária-Geral Adjunta do Ministério das Finanças (2001-2003);
elemento da equipa de missão e depois Vogal do Conselho Diretivo do IGLC-Instituto para Gestão das Lojas do Cidadão (1998-2001).

Na componente de inovação no sector público, liderou projetos de grande interesse público, como as Lojas do Cidadão de 1ª geração (componente tecnológica), PAC-Postos de Atendimento ao Cidadão (introduziu o conceito de one-stop-shop em 2000), Portal do Cidadão, Portal da Empresa, Criação de Empresa online, Lojas do Cidadão de 2ª Geração (ex. balcão multisserviços, balcão Perdi-a-Carteira, balcão Sénior), Cartão de Cidadão e Plataforma de Interoperabilidade da AP, tendo sido responsável pela elaboração do Plano de Ação para o Governo Eletrónico em Portugal (2003).

Foi perita internacional convidada da OCDE/SIGMA para as áreas de Modernização Administrativa e Inovação (2006-2010). Foi consultora especialista na Deloitte Consulting (2010-2016).

Formadora no Instituto Nacional de Administração-INA (1982-2011), professora convidada em mestrados (INDEG-ISCTE, 2005-2011) e membro do Conselho Consultivo do Master for Public Administration (MPA) da Universidade de Aveiro (2010-2013). Em 2010, participou regularmente, como mentora, no programa de orientação internacional "Professional Women’s Network PWN Lisboa”.

Manteve ao longo da sua vida um interesse e apoio associativo, exercendo funções de membro e presidente de associações que fomentam a reinserção de cidadãos na sociedade, através da inclusão e empregabilidade, nomeadamente como presidente da Associação Cais.

Em 2009, recebeu o Prémio Best Leader Award, na categoria Administração Pública e em 2009 e 2010 foi considerada uma das 5 mulheres mais influentes nas ICT em Portugal (Sapo Tek).

EAD
Multicert
Caso
Papiro
Pontual
SFLAG